quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Praça São João Batista - Dourado, SP.


Popularmente chamada como “Praça da Matriz”. Esta localizada nas coordenadas 22º 07’ 01.62” latitude Sul e 48º 19’ 03.87” longitude Oeste e entre as ruas Dr. Marques Ferreira, Barão do Rio Branco, Demetrio Calfat e Tiradentes, no bairro Centro. Foi construída junto a elaboração da Igreja Matriz de São João Batista, a mais antiga e famosa da cidade (FIGURA 05).




FIGURA 05: Visão panorâmica. Localização da Praça São João Batista presente na cidade de Dourado-SP (FONTE: Google Earth; 08 set 2011).




FIGURA 13: Plantas encontradas nas praças da cidade de Dourado - SP com utilidades alimentícias e medicinais. A) Hovenia dulcis Thunb; B) Eugenia uniflora L.; C) Persea americana Mill.; D) Schinus terebinthifolius Mart.; E) Syzygium cumini (L.) Skeels; F) Cymbopogon winterianus Jowitt ex Bor; G) Digitalis purpúrea L.; H) Annona muricata L.; I) Tamarindus indica L. J) Bixa orellana L.; K) Guarea guidonia L. Sleumer; L) Plumeria caracasana JRJohnst. (IMAGEM: LORENZI, MATOS, 2008; LORENZI, et al, 2003).



Infelizmente não há registro do nome oficial desta praça e nem da sua elaboração na Prefeitura Municipal de Dourado - SP. Porém estima–se que ela carrega em seus anseios aproximadamente 100 anos e consigo relatos que merecem destaque dos momentos de prazer e alegria de muitos residentes que deixaram lágrimas quando suas lembranças exaltaram os bons tempos do passado (FIGURA 18).

Praça São João Batista, assim ela foi e é conhecida pela população douradense por embelezar a Igreja de São João Batista e que desde o início acompanhou a sua construção e participou de suas futuras mudanças. Está situada no bairro Centro, entre as Ruas Dr. Marques Ferreira, Barão do Rio Branco, Demetrio Calfat e Tiradentes adjacente a Escola Municipal Senador Carlos José Botelho se enquadrando dentro do perímetro urbano municipal (FIGURA 18.A).

No comentário de pessoas mais idosas, em outros tempos a posição da praça no centro urbano carregava outra trama social. Um exemplo disto foi à existência de um serviço de auto–falante da Igreja, conhecido com “A voz de Dourado” e em todas as noites, por volta das 20 horas, eram oferecidas músicas aos amigos ouvintes ou namorados apaixonados que se encontravam pelo prazer do conforto da praça. Esse serviço hoje, não existe mais e o auto–falante é usado apenas para comunicar notas de falecimento ou esclarecimentos de utilidade pública.

A qualidade da jardinagem, também foi mencionada perante as mudanças que sofreram. Sua formação compunha uma ampla área florida que foi se perdendo ao longo dos anos. Entretanto, as espécies ainda presentes e citadas, foram às antigas Sibipirunas (Caesalpinia peltophoroides Benth.), os Ipês-Roxo (Handroanthus avellanedae [Lorentz ex Griseb.] Mattos) e as forrações, maravilhadas pelos visitantes. Já os jardineiros habilidosos que preenchiam o corpo de organização da praça, foram se aposentando e a nova geração deixou a desejar forçando a obtenção de outras formas de cultivo perdendo a tradição local.

Além do mais, quem não gostava de ouvir o som da banda “19 de Maio”, fundada em 1962 pelos próprios douradenses e que se reunia em comemorações da cidade, principalmente no antigo coreto de madeira (FIGURA 18.B) instalado na praça que atendia a arte cênica da época e que hoje, por força da circunstância, foi trocado por um de concreto (FIGURA 18.C). Como a banda foi e é muita prestigiada, algumas apresentações são feitas em datas especiais para relembrar e emocionar os apaixonados de plantão.

Com a série de modernização adotada pelos modelos políticos atuais, forçou a praça a passar por bruscas transformações desde sua inauguração. De acordo com Geraldo (1996), muito da vida noturna das praças perdeu–se, visto que os pontos de encontro hoje são os bares, lanchonetes e clubes de diversões havendo alguma concentração de pessoas em comícios, shows ou outros eventos. De certa forma, a Praça São João Batista deixou de ser a maior atração se comparado ao que fora no passado.

Mas, não se pode deixar de lado o que ainda resta. Sua última reformulação ocorreu agora em 2011, compreendendo uma vasta área arborizada com inúmeras espécies diferentes. Os organismos arbóreos que existiam foram preservados e uma série de ornamentais foi introduzidas compondo a área verde urbana. Suas luminárias e os bancos foram reformados proporcionado o lazer aos idosos que se reúnem todas às tardes para a prática de jogos interativos com baralhos e dominós.

E, apesar das festividades terem diminuído em relação ao passado, ainda ocorrem nesta praça, talvez pela sua grande dimensão ou por ser a mais querida e conhecida entra os residentes, alguns eventos comemorativos. O mais famoso, é a festa em louvor a São João Batista sendo, todo o ano, realizada nos meses de junho e julho e correspondendo a uma tradição na cidade, envolvendo shows, bingos, missas, procissões, parques de diversões, barracas de utensílios, jogos, doces e salgados e uma grande concentração populacional.

Praça São João, o "jardim": calçada estreita, as árvores que rodeavam a praça(com as lacerdinhas para irritar os olhos), a fonte, poste de ferro, o coreto com os banheiros, o serviço de alto-falantes, e a Igreja Matriz, belíssima. Compartilhado pelo Facebook com Déo em 09/2013.




FIGURA 18: Primórdios da Praça São João Batista da cidade de Dourado – SP. A 1ª imagem é uma visão que os residentes da época tinham quando estavam na praça e se voltavam para a Igreja. Já a 2ª imagem mostra a visão da Igreja sobre a praça (IMAGEM: José Miguel Demeti. Acervo Pessoal).





FIGURA 18.A: Praça São João Batista depois da última reformulação em 2011(IMAGEM: DONATO, G. R, 2011).





FIGURA 18.B: Antigo coreto de madeira que existia na Praça São João Batista no município de Dourado – SP (IMAGEM: José Miguel Demeti. Acervo Pessoal).





FIGURA 18.C: Atual coreto de concreto existente na Praça São João Batista no município de Dourado – SP (IMAGEM: DONATO, G. R., 2011).






Coreto do Jardim em 1980.
Assim era até 1980. Saudade (ainda com os banheiros embaixo).

Compartilhado com Deo Demeti em 28/08/2013.




Gabriel Romeiro Donato

ABORDAGEM FLORÍSTICA E FITOSSOCIOLÓGICA DAS PRAÇAS DA CIDADE DE DOURADO-SP COM TRAÇOS DE SUA HISTORIA E CULTURA
 



Veja também neste Blog: