segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Reminiscências Esportivas

Jornal “O Dourado” - Nº 27 - página 6, de 21 de Junho de 1997.

No dia 13 de Janeiro de 1946, um programa era exposto na praça de Dourado. O grande jogo abrindo a temporada de 1946.

Era assim anunciado ao povo douradense.

FUTEBOL EM DOURADO, Janeiro, domingo dia 13 grande tarde esportiva em Dourado, marcando o início dos jogos de 1946.

A diretoria dos “Ferroviários” pretende apresentar em 1946 grandes jogos de futebol. E para marcar o início dessas grandes competições esportivas, resolveu acertar um jogo com o quadro que representada a cidade de Ibitinga.

Esse esquadrão vira acompanhado com uma caravana de 200 pessoas, que chegará em Dourado em trem especial, gentilmente cedido pela Direção da C.E.F. Douradense.

Nas estações intermediárias entre Dourado e Ibitinga serão vendidas passagens para as pessoas que queiram acompanhar a caravana.

América Esporte Clube de Ibitinga versus Ferroviário Local.

O esquadrão visitante é ainda desconhecido do público esportivo Douradense, possuidor de um time de respeito, virá ainda reforçado com vários elementos de Itápolis e de Catanduva.

Otacílio, zagueiro do “Oeste de Itápolis”, é já nosso conhecido, Santaninha, ponta esquerda, também do “Oeste”, Laudelino Gaiola e Cabo.

O alvo Negro local, por sua vez com todos os seus titulares a postos, farão o impossível para brindar seus torcedores com uma vitória que teria grande significação para o seu já grande cartel.

Ás 15:00 horas, ótima preliminar entre o Extra América E.C. vs. Ferrinho F.C. Preços arquibancadas 5,00, geral 3,00, senhoras, senhoritas e crianças, 1,00.

A diretoria do Ferroviário empenhada pede ao povo em geral que compareça à gare local ás 12:30 horas de domingo, afim de dar aos visitantes uma recepção digna a que são merecedores.

Os patrocinadores do programa foram ás seguintes empresas, Casa Pasquale de Irmãos Pasquale, Bazar Américo de Chead e Jorge Nemes, Casa Confiança de viúva Naim Nemes, Selaria e Colchoaria Speranza de Antônio Speranza, Bar do Penha de José Penha Ramos, Padaria Aurora de Antônio Parelli, Empório Paulista de José Bustani, Hotel Recreio de Francisco Pinhanelli, o hotel que hospedou a grande caravana de Ibitinga e CINE São Paulo anunciando 2 sessões, 19:30 e 21:30 com o filme, Czarina destacando assim ela usava o título de Imperatriz, mas nunca esquecia que era antes de tudo uma linda e solitária mulher, Malicioso, brejeiro, deliciosamente escandaloso não deixem de assistir.
Dourado, 13 de janeiro de 1946.

Equipe Representativa do Ferroviária de Dourado.
Foto de 13 de Agosto de 1944.
Jogo com Bocaina.
Ferroviária de Dourado 1 X 1 Bocaina.




Da Esquerda à Direita.
Em pé: Sebastião, Gásper, Décio, Kisko, Dodinho, Pedrinho, Pitanga e Técnico Alemão.
Agachados: Mazinho, Diogo, Nole, Moreno, Léme, Carradine e Nere.




Futebol Veteranos.
(Jornal “O Dourado” - Nº 28 – Página 6, de 28/06/1997).

O Veterano F.C. de Dourado, comandado por Tião Navarro e Loy, sábado jogou e venceu a forte equipe de veteranos da USP de São Carlos. A equipe visitante, contou em suas fileiras com craques que já passaram pelo futebol profissional, entre eles, Gilmar, ex XV de Novembro de Piracicaba e da Ferroviária de Araraquara e Claudão, ex jogador do Grêmio São Carlense, e os demais jogadores com um nível técnico aprimorado. O Veterano contou com os seguintes “titios” nessa vitória de quatro tentos à dois, Duva – Dodi – Jorge – Gera – Kiko – Puerta – Rodrigo – Tezore – Cabo – Fula – Tião – Gilmar – Joãozinho – Tinão – Miranda e Tupã.

Os gols do Veterano, foram consignados por Dodi (1), Tezore (1) e Fula (2), pela USP, marcaram, Gilmar e Marcelinho.

Sábado, os veteranos voltam ao campo para mais uma peleja amistosa pretendendo somar mais uma vitória no seu repertório de sucessos.

Foto Veteranos.




Direita à esquerda,
Em pé: Fatore, Nego, Roberto, Alemão, Henrique, Paulo, Branco, Afonso, Navarro, Dódi e Nerone.
Agachados: Durval, Cajú, Gilberto, Jorge, Bolinha, Reinaldinho, Mauro, Lói, Serginho e Zecatonho.




Vejam também neste Blog: